O que é um depósito a prazo?

O que é um depósito a prazo?

Segundo o sítio dos reguladores financeiros portugueses (Banco de Portugal, CMVM e ISP), “Todos Contam“, um depósito a prazo é:

“(…) um produto bancário que pressupõe a entrega de fundos a uma instituição de crédito, que fica obrigada a restituir esses fundos no final de um período de tempo acordado e ao pagamento de uma remuneração, designada de juro.”
Por esta definição podemos constatar que um depósito tem fortes semelhanças com o que é uma obrigação clássica simples (há um empréstimo obrigando-se quem recebe a devolver o capital inicial mais um juro). Contudo, contrariamente ao que acontece numa obrigação onde, tipicamente, o dinheiro emprestado é usado para financiar diretamente uma empresa, num depósito essa relação é bem mais indireta, afinal, o banco não pede o dinheiro emprestado para financiar a sua operação, oferece-se antes como intermediário entre credores e devedores.
Os depósitos a prazo podem assumir várias formas como sejam os depósitos:
  • Simples (o depósitos mais comum);
  • Indexados (o seu retorno não é uma taxa fixa mas antes uma taxa que depende do comportamento de um outro produto financeiro ou indexante);
  • Duais (podem ser vendidos de forma empacotada com outro produto financeiro com características muito diferentes).

As duas últimas formas de depósitos são classificadas como “Produtos Financeiros Complexos” e, com tal, são sujeitas a maiores obrigações regulatórias e acarretam um maior número de risco.

Dito isto, um depósito a prazo “padece” de vários riscos, riscos que, em alguns casos, são pouco escrutinados. Tomando novamente por referência o sítio “Todos contam”, eis a enumeração dos tipos de riscos que podem incidir sobre um depósito. Depósito que é, tipicamente, um dos produtos bancários menos arriscados, sublinhe-se.
Tipos de risco:
A estes riscos podem juntar-se outros relativos aos produtos a que possam estar associados os depósitos a prazo quando vendidos na modalidade de depósitos indexados ou de depósitos duais.
Uma última nota para sublinhar que os depósitos a prazo são supervisionados pelo Banco de Portugal e é a esta instituição (página dedicada a reclamações aqui) que os depositantes se devem dirigir caso enfrentem um diferendo com a instituição bancária de que são clientes.

2 comentários a "O que é um depósito a prazo?"

  1. Posso fazer um sugestão? Quando fizerem publicações sobre as contas poupança, podem dizer a taxa de juros, mas podem também fazer um simulação, para sabermos quanto dinheiro ganhamos. Pode ser uma simulação de 1000 euros, por exemplo. É um número fácil de fazer contas. acredito que assim seja mais fácil para muita gente. Obrigado

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*