Principais Riscos dos Depósitos a Prazo IV: Risco de Liquidez

Em que se traduz o risco de liquidez num depósito a prazo?

Uma das justificações para que associado ao depósito feito num banco haja um juro pago a quem lá coloca o dinheiro tem a ver co mo prémio de liquidez, ou seja, com o valor que se atribui ao facto de um aforrador deixar de ter acesso ao dinheiro que poupou, à sua liquidez.

Note-se que muitos depósitos permitem o levantamento (ou mobilização) antecipada do depósito sendo possível recuperá-lo antes do final do prazo. Mas nesse caso, é também muito comum que se perca o direito a receber o todo ou parte dos juros contratados, perdendo-se assim o prémio de liquidez.

Noutras situações, os depósitos não podem ser, de todo, levantados antecipadamente o que coloca ao depositante o risco potencial de poder vir a necessitar dessas verbas e não lhes poder recorrer. Será natural que entre dois depósitos, para o mesmo prazo e condições genéricas, que se distingam apenas pelo facto de um poder ser levantado antecipadamente e o outro não, o segundo ofereça uma remuneração superior, pois tem implícito um prémio/risco de liquidez superior.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*