Cerca de metade dos depósitos a prazo pode ser subscrita com menos de €1.000

É um facto: cerca de metade dos depósitos a prazo pode ser subscrita com menos de €1.000. Para os nossos leitores que querem conhecer com maior detalhe a “indústriados depósitos a prazo” recomendamos a leitura das primeiras páginas no novíssimo Relatório de Acompanhamento dos Mercados Bancários de Retalho. Por ficamos a saber que há 365 depósitos a prazo de taxa fixa disponíveis no mercado português (dados de maio de 2013) e que a oferta tem vindo a diminuir face a anos anteriores, simplificando-se.Por outro lado ,ficamos a saber que cerca de metade dos depósitos a prazo pode ser subscrita com menos de €1.000.

Há também informação sobre os riscos dos depósitos a prazo, informação sobre as contas poupança, sobre os depósitos duaus e indexados e ainda informação sobre o crédito à habitação e o crédito ao consumo.

Provavelmente voltaremos a este públicação nos próximos dias, detalhando alguma da informação aí divulgada.

Este relatório é o primeiro do género e é um sub-produto das tarefas de supervisão comportamental do banco central. Nas palavras do banco:

“(…) A análise apresentada neste relatório de acompanhamento baseia-se em informação recolhida pelo Banco no exercício das suas funções de supervisão comportamental, nomeadamente nos reportes específicos das instituições de crédito e nos respetivos sítios na Internet.

Os depósitos a prazo simples são caracterizados a partir das Fichas de Informação Normalizada (FIN), disponibilizadas pelas instituições de crédito nos seus sítios da Internet. Nos restantes capítulos, a análise baseia-se nos reportes de informação sobre depósitos indexados e duais, crédito à habitação e crédito aos consumidores implementados para cumprimento de obrigações legais de fiscalização atribuídas ao Banco de Portugal.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.