Glossário

Eis alguns artigos relativos a conceitos na área dos depósitos a prazo, poupança e finanças em geral que temos vindo a editar ao longo do tempo.

O que é um depósito dual?

O que é um depósito dual?

Segundo o Banco de Portugal, os depósitos duais: “(…) correspondem aos produtos financeiros resultantes da comercialização combinada de dois ou mais depósitos bancários (simples ou indexados).” A remuneração combinada das várias componentes do depósito dual pode resultar num valor substancialmente diferente das taxas de juro verificadas em cada uma das suas componentes. A forma como […]

por 8 de Janeiro de 20130 comentáriosLeia mais →
O que é um depósito indexado?

O que é um depósito indexado?

Segundo o Banco de Portugal, os depósitos indexados são: Os depósitos indexados são depósitos bancários cuja remuneração está associada, total ou parcialmente, à evolução de outros instrumentos ou variáveis financeiras ou económicas relevantes, designadamente: ações ou cabaz de ações, índice ou cabaz de índices acionistas, índice ou cabaz de índices de mercadorias. Por isso, a […]

por 4 de Janeiro de 20130 comentáriosLeia mais →
O que é um depósito a prazo?

O que é um depósito a prazo?

Segundo o sítio dos reguladores financeiros portugueses (Banco de Portugal, CMVM e ISP), “Todos Contam“, um depósito a prazo é: “(…) um produto bancário que pressupõe a entrega de fundos a uma instituição de crédito, que fica obrigada a restituir esses fundos no final de um período de tempo acordado e ao pagamento de uma […]

por 26 de Novembro de 20123 comentáriosLeia mais →
Principais Riscos dos Depósitos a Prazo IV: Risco de Liquidez

Principais Riscos dos Depósitos a Prazo IV: Risco de Liquidez

Em que se traduz o risco de liquidez num depósito a prazo? Uma das justificações para que associado ao depósito feito num banco haja um juro pago a quem lá coloca o dinheiro tem a ver co mo prémio de liquidez, ou seja, com o valor que se atribui ao facto de um aforrador […]

por 23 de Novembro de 20121 comentáriosLeia mais →
Principais Riscos dos Depósitos a Prazo III: Risco de Crédito

Principais Riscos dos Depósitos a Prazo III: Risco de Crédito

Quando a garantia de capital não se efetiva podemos estar perante uma situação de risco em tudo semelhante a um risco de crédito, afinal, o dinheiro ao ficar depositado implica que o depositante fica credor do dinheiro entregue ao banco. Tal como indicámos no artigo “Principais Riscos dos Depósitos a Prazo I: Garantia de […]

por 22 de Novembro de 20121 comentáriosLeia mais →
Principais Riscos dos Depósitos a Prazo II: Risco de Remuneração

Principais Riscos dos Depósitos a Prazo II: Risco de Remuneração

Um dos riscos associados aos depósitos a prazo é o risco de ocorrer algum incumprimento com o compromisso assumido de pagar uma taxa de juro fixa , crescente ou variável indexada – neste caso estaremos numa situação de risco de crédito parcial – ou com o risco de se defraudarem as expectativas formadas quanto à evolução […]

por 21 de Novembro de 20122 comentáriosLeia mais →
Principais Riscos dos Depósitos a Prazo I: Garantia de capital

Principais Riscos dos Depósitos a Prazo I: Garantia de capital

Quem deposita dinheiro num banco não espera que o seu dinheiro esteja em risco, ou seja, não espera perder dinheiro, em termos nominais, com esse depósito. Espera portanto que haja uma “Garantia de capital” seja qual for o tipo de depósito contratado. Contudo, em caso de insolvência da instituição financeira, essa garantia pode não se […]

por 20 de Novembro de 2012

Faça o primeiro comentário a "Glossário"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*