Diferença entre juros pagos e recebidos pela banca nos 240 pontos base

A diferença entre juros pagos e recebidos pela banco estava em dezembro de 2016 nos 240 pontos base, ou seja, as taxas de juro médias praticadas para remunerar novos depósitos a prazo eram inferiores em 2,4 pontos percentuais às taxas de juro médias cobradas em novos empréstimos concedidos pela banca nacional.

 

Diferença entre juros pagos e recebidos pela banca

Na Espanha esta diferencial entre taxas de juro passivas (as dos depósitos) e as taxas de juro ativas (as dos empréstimos) era de 186 pontos base e na Alemanha de 103 pontos base, quase três vezes inferiores às praticadas em Portugal.

A banca nacional cobra assim à nossa economia um custo de intermediação financeira (que é mais teórica do que efetiva face ao real processo de criação de moeda que controlam onde o volume de depósitos praticamente não condiciona o volume de empréstimos) várias vazes superior ao praticado na maior economia da União Europeia e muito superior ao praticado no nossa principal parceiro comercial e económico, a Espanha.

Segundo dados do BCE, a taxa de juro de novos depósitos (de prazo superior a 1 ano) às empresas não financeiras e às famílias, fixou-se, em dezembro de 2016, nos 0,40% (diminuição de 0,01 pontos percentuais face ao mês anterior).  Na Espanha este indicador atingiu os 0,14% e na Alemanha os 0,43%.

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*