Taxas de juro de novos depósitos a particulares estabilizam em outubro de 2013

O Banco de Portugal acaba de divulgar os dados mais recentes relativos à evolução dos depósitos a prazo durante o mês de outubro tanto em termos de montantes quanto em relação à evolução das taxas de juro. Analisando em particular a evolução das taxas de juro destaca-se o facto de as taxas dos novos depósitos destinados a particulares terem estabilizado nos 1,96% entre setembro e outubro. Considerando a totalidade dos depósitos a taxa média desceu ligeiramente de 2,18% para 2,08% registando-se assim uma quase colagem entre a taxa média do saldo de depósitos e os novos depósitos entretanto constituidos.

Em relação às empresas não financeiras  a taxa de juro média de novos depósitos a prazo caiu significativamente entre setembro e outubro dos 1,49% para 1,27%. Relativamente ao stock de depósitos as taxas mantiveram-se praticamente idênticas: passando de 2,64% para 2,62%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.