Taxas de juro negativas chegaram aos depósitos bancários na Alemanha

Segundo a revista The Economist, as taxas de juro negativas chegaram aos depósitos bancários na Alemanha. O Banco Deutsche Skatbank do estado alemão da Turíngia passou a cobrar aos seus depositantes para estes lá colocarem dinheiro. A taxa de juro negativa (onde o aforrador é que paga) aplica-se apenas aos grandes depositantes (mais de €500.000) que coloquem o dinheiro em aplicações que permitam mobilização imediata do capital (“instant access accounts“) e visa incentivar estes clientes a colocar o seu dinheiro em aplicações com menor liquidez em depósitos de mais longo prazo.

Contudo, ainda assim esta prática é uma inovação no sistema bancário alemão e surge na sequência da descida das taxas de juro de referência decidida pelo BCE (que é ela própria negativa para bancos que depositem dinheiro no abnco central) e surge também em linha com as taxas de juro negativas a que  tem sido negociada a dívida publica alemã – quem empresta dinheiro ao estado alemão, em alguma maturidades, já chegou a ter de pagar pelo empréstimo.

Por enquanto, em Portugal, como pode verificar na nossa listagem com os melhores depósitos a prazo em novembro de 2014, ainda estamos muito longe desse cenário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.