Depósitos em queda anual pela 1ª vez desde 2003

Pela primeira vez desde outubro de 2003, os depósitos e equiparados de particulares em outras instituições financeiras monetárias registaram uam variação anual negativa no ano terminado em janeiro de 2013. Foram quase 10 anos de incremento contínuo agora interrompidos por uma queda muito acentuada registada ao longo do ano de 2012 que se prolonga agora por 2013.

O aumento da rentabilidade real dos depósitos a que aqui fizemos referência (ver “Depósitos com TANB acima dos 0,84% já podem oferecer ganho real em 2013“) e que se vai confirmando com os últimos dados da inflação hoje divulgados não parece suficiente para suster a desinvestimento em depósitos a prazo, algo que encontrará na duração e intensidade da atual crise que afeta as famílias e empresas portuguesas uma explicação importante.

Eis o gráfico recolhido há instantes do BPStat Mobile – um serviço gratuito de acesso a estatísticas oficiais disponibilizado pelo Banco de Portugal e com versão própria para smartphones e tablets.

Evolução depósitos PT UE
Clique para aumentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.