Taxa dos Certificados do Tesouro é quase 4 vezes superior à taxa média dos novos depósitos

A taxa de juros dos certificados do tesouro é quase quatro vezes superior à taxa de juro média dos novos depósitos até um ano.

Após comparamos a TANB dos certificados do tesouro poupança crescimento em 2018 durante o seu primeiro ano (0,75% de TANB) com a taxas de juro média dos novos depósitos até um ano indicada pelo Banco de Portugal e referente a janeiro de 2018 (0,2% de TANB) facilmente se constata que, mesmo estando a falar de um nível de juros globalmente baixo, a diferença entre estes dois produtos que, em termos de risco, são comparáveis, é significativa.

Convém reter que os certificados do tesouro só são livremente mobilizáveis após completarem o primeiro aniversário, algo que não sucede com alguns depósitos. Por outro lado, a comparação é feita com uma taxa média pelo que se impõe a pergunta:

 

O que aconteceria se comparássemos com depósitos a prazo particulares com maturidade a um ano?

 

Do nosso comparativo de depósitos a prazo (que incluem os certificados de aforro e do tesouro) e que atualizamos regularmente, resulta que os certificado do tesouro não oferecem a melhor taxa (considerando apenas depósitos não promocionais), mas não ficam mal classificados.

Surgem na nona posição que passa a ser a terceira se considerarmos depósitos que atigem um mínimo de subscrição não supeiror aos €1.000 com que já se pode subscrever certificados do tesouro poupança crescimento.

 

Banco Nome do Depósito TANB TANL Tipo de Taxa Depósito Mínimo
BNI Europa 12 Meses 1,1 0,792 Fixa 1.000
Banco Privado Atlântico – Europa Rendimento Mensal 1 0,720 Juros mensais 10.000
Banco Privado Atlântico – Europa 12 Meses 1 0,720 Fixa 500
Invest Super Depósito Crescente 1 0,720 Crescente (Trimestral) 2000
Invest Depósitos a Prazo 1 0,720 Fixa 20000
Invest Depósitos a Prazo 0,9 0,648 Fixa 2000
ESTADO – IGCP Certificados do Tesouro Poupança Crescimento 0,75 0,540 Fixa 1.000
ActivoBank Poupança Start 0,6 0,432 Depende de condições 3.000
EuroBic Sénior 0,55 0,396 Fixa 25.000

 

Recorde-se que os certificados do tesouro atualmente em subscrição têm uma maturidade máxima de 7 anos com taxa de juro anual crescente e com possibilidade de, a partir do segundo ano, dar direito a um “prémio correspondente a 40% do crescimento médio real do PIB nos últimos quatro Trimestres conhecidos no mês anterior à data de pagamento de juros” segundo informa o IGCP.

Sem considerarmos este prémio associado ao PIB, que poderá ou não surgir, a taxa de juro efetiva (considerando que se mantém a poupança sem resgates desde a subscrição) é a seguinte:

1º ano: 0,75%

2º ano: 0,75%

3º ano: 0,85%

4º ano: 0,97%

5º ano: 1,10%

6º ano: 1,24%

7º ano: 1,38%.

Esta taxa pode ser utilizada para uma comparação correta com depósitos a prazo com maturidades de 1, 2, 3, 4, 5, 6 e 7 anos.

Os certificado do tesouro podem ser subscritos an online via Aforro.net.

Pode encontrar mais informação atualizada regularmente em Melhores Depósitos a Prazo – Última atualização.

Um comentário sobre “Taxa dos Certificados do Tesouro é quase 4 vezes superior à taxa média dos novos depósitos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *