Os certificados de aforro estão de volta?

Desde janeiro de 2008 (+€136 milhões) que não se registava um aumento do valor líquido de certificados de aforro tão significativo como o registado em maio de 2013  (+€32 milhões). Nos últimos dois meses o desempenho tinha sido marginalmente negativo e desde o início do ano acumula-se um acréscimo de poupança colocada em certificados da ordem dos €52 milhões. Estão neste momento colocados em certificados de aforro cerca de €9.722 milhões.

A taxa de juro de novas subscrições de certificados de aforro encontra-se, em maio de 2013, nos 3,17% TANB. Os interessados podem efetuar subscrições online atraves da plataforma AforroNet do IGCP.

Pode ainda comparar com os melhores depósitos a prazo do momento, sabendo que há vários que oferecem melhores taxas .

Um comentário sobre “Os certificados de aforro estão de volta?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.