Quase um em cada três euros depositados são colocados a mais de 2 anos

Um em cada três euros depositados são colocados a mais de 2 anos. Em janeiro de 2014, os depósitos de particulares a mais de 2 anos representavam 30,9% do volume total de depósitos de particulares colocados a prazo na banca nacional (ver gráfico em baixo).

Há um ano o peso dos depósitos de médio a longo prazo era de 29% em janeiro de 2012 fora de 23,4% e em janeiro de 2011 era de 18,2%.

 

Um em cada três euros depositados são colocados a mais de 2 anos

Antes do agudizar da crise financeira internacional, em janeiro de 2008, apenas 4,5% do total de depósitos era colocado a mais de dois anos.

Em contra partida, os depósitos até um ano continuaram a perder peso relativo na estrutura de depósitos segundo as maturidades. Ainda assim continuam a captar 28% do total mantendo-se como a opção mais popular.

Esta evolução sucede num cenário em que, face ao mesmo período do ano anterior, os depósitos a prazo dos particulares aumentaram 1,3% naquela que é a sétima variação homóloga positiva sucessiva. Em termos absolutos nunca num mês de janeiro houve tantos euros depositados pelos particualres: €131.951 milhões.

Face a dezembro de 2013 registou-se uma ligeira diminuição de 0,2%.

Recordamos os nossos leitores que a nossa base de dados com informação para 292 depósitos de 20 instituições bancárias foi atualizada esta semana e que pode consultar detalhes por prazo nas várias páginas referenciadas no nosso menu horizontal presente no topo da página. Ai pode encontrar, por exemplo, os depósitos a 2 e mais anos.

Um em cada três euros depositados são colocados a mais de 2 anos
Um em cada três euros depositados são colocados a mais de 2 anos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.