É quase impossível encontrar um depósito a 1 ano que remunere abaixo da inflação esperada

A nossa pesquisa mensal de depósitos a prazo não é exaustiva mas anda lá perto e sabendo isso é particularmente significativo verificarmos que entre os 62 depósitos a prazo a 1 ano que identificámos (ver aqui “Depósitos a um ano“) apenas um não garante uma taxa de juro líquida que supere a inflação esperada para 2013 que, neste momento, andará pelos 0,5% a 0,7%.

Uma média aritmética simples destes 62 depósitos aponta para uma taxa de 2,76% o que, descontando os 28% de taxa de retenção na fonte relativa a IRS levaria a uma taxa de juro líquida média muita próxima dos 2%.

Há cerca de 30 depósitos que pagam 3% ou mais de TANB e seis que atingem ou superam os 4%. Os depois depósitos com as remunerações mais elevadas (4,2% de TANB e 3,024% de TANL) são disponibilizados pela sucursal portuguesa do Privat Bank, um banco de direito Letão.

Um comentário sobre “É quase impossível encontrar um depósito a 1 ano que remunere abaixo da inflação esperada

  1. OS DEPÓSITOS A PRAZO ESTÃO A PERDER INTERESSE,NÃO SÓ POR A SUA BAIXA REMUNERAÇÃO MAS TAMBÉM A FALTA DE CREDIBILIDADE E CONFIANÇA NAS INSTITUIÇÕES,NÃO SE ADMITE QUE QUALQUER INSTITUIÇÃO QUE PROCURE DEPOSITAR OS AFORROS DE UMA VIDA,SEJA A ENTIDADE ESCOLHIDA PARA ME ASSALTAR,SÓ PORQUE OS SENHORES DE BRUXELAS,SAY THE SO

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *